Atirador em Bar no Centro de Mantena pode ter mentido sobre motocicleta utilizada em tentativa de homicídio

1559

Mesmo diante da negativa  de Jordeli Pio, pai do suposto acusado pela tentativa de homicídio ocorrido no Bar do Mandioquinha, de que não teria nenhuma relação com os fatos, os policiais da 18ª Cia. Independente da PMMG apreenderam  a motocicleta  usada na tentativa do crime que teria sido trocada  por  um carro,  demonstrando  assim comprometimento com o trabalho desenvolvido e um alto grau de dedicação e profissionalismo.

Após análise das informações reunidas em torno dos fatos relacionados a tentativa de homicídio ocorrido na terça feira, 06/02,  no bar do Mandioquinha no centro dde Mantena.

A equipe de incursão em área de crise, comandada pelo 1° Tenente Bértalo encontraram a motocicleta que foi utilizada pelo suposto acusado, no quintal da casa de Cláudio Pimenta, no bairro Pires de Albuquerque.

Cláudio disse que ontem por volta das 18 horas, trocou um carro na motocicleta com Jordeli Pio, pai do suspeito conduzido durante a operação PM de ontem; disse também que receberia R$ 2.000,00 reis de volta no prazo de 60 dias, mas que não havia nenhum documento assinado porque fizeram a negociação na rua, próximo à casa de Jordeli.

Esclarecimentos

A PM esclarece que ontem quando esteve com Jordeli Pio, quando  ele negou qualquer relação com a referida moto e acrescentou que há 03 meses teria vendido uma moto com características semelhantes. Contudo a PMMG não se deu por satisfeita com essa versão; envidou esforços e aprendeu a moto na  manhã desta quarta-feira, (07/02). Agora, Jordeli Pio deverá esclarecer porque mentiu para os policiais.

Fonte/Fotos: Assessoria de Comunicação Organizacional da 18a Cia PM Independente.

 

COMPARTILHAR