Buscar

- procurar resultados

Se você não está feliz com os resultados, por favor, fazer outra pesquisa

0 157
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira
Matheus Ferreira

O vice-prefeito de Barra de São Francisco, e atual Secretário Municipal de Agricultura, MATHEUS FERREIRA DA COSTA OLIVEIRA (PMDB), atestou que as empresas requeridas TERRAMAR LOCAÇÕES E SERVIÇOS EIRELI- ME e MARTINS CONSTRUTORA E TERRAPLANAGEM EIRELI-ME prestaram serviços com retroescavadeira para a sua secretaria, no valor de R$ 720.000,00 (setecentos e vinte mil reais), apondo nos atestados números de horas que lhe foram repassadas pelas empresas requeridas, sem qualquer método de controle, não sabendo ao certo se os serviços foram efetivamente prestados na quantidade cobrada do município.

De acordo com a Ação do MP, eles mesmo confessaram que embora o contrato das maquinas terceirizadas tenham sido empenhados pela secretaria de agricultura, sua execução não ficou a cargo da secretaria de agricultura, mas diretamente com o prefeito municipal e a secretaria de transportes.

Eis as palavras do próprio Secretário de Agricultura e atual vice-prefeito, MATHEUS FERREIRA DA COSTA OLIVEIRA:

Matheus disse que em relação as máquinas contratadas da firma de Moisés, cujo o atendimento era o produtor rural, “eu não interferi no projeto de ajuda ao produtor rural, mas que o produtor procurava diretamente a pessoa de Moisés, alguns vereadores ou ao próprio Prefeito para obter as horas máquina”, disse Matheus Ferreira.

O MP pediu a Indisponibilidade de parte, dos bens de Matheus Ferreira, tantos quanto necessários para futura reparação do dano causado pelo mesmo ao erário municipal e, ainda, para sua efetivação, o bloqueio de 20% (vinte por cento) dos valores em suas contas bancárias;

DOS DEMAIS PEDIDOS:

Em face de tudo quanto acima foi exposto, REQUER o Ministério Público do Estado do Espírito Santo que Vossa Excelência se digne a receber esta exordial, juntamente com seus documentos anexos e, ainda:

  1. A) seja a presente autuada e processada na forma do art. 19 da Lei 7.347/85 e Lei 8.429/93;
  2. B) apreciação do pedido de tutela antecipada constante da presente inicial;
  3. C) NOTIFICAR os requeridos para, no prazo de quinze dias apresentarem defesa, nos termos do art. 17, §7º, da Lei de Improbidade Administrativa;
  4. D) CITAÇÃO do Requeridos para, querendo, apresentar contestação, nos termos do art. 17, §9º, da Lei 8.429/92, sob pena de presumirem-se verdadeiros os fatos narrados na inicial;
  5. E) a citação do Município de Barra de São Francisco, na pessoa de seu representante legal, para, nos termos da lei nº 8.429/92, integrar a lide e/ou, querendo, promover a defesa que entender necessária;
  6. F) Sejam julgados procedentes os pedidos contidos na presente ação com a condenação de todos Requeridos, nos termos da Lei nº. 8.429/92, impondo-lhe a sanções enumeradas no art. 12, da referida Lei:

1) ao pagamento de multa civil;

2) suspensão dos direitos políticos;

3) proibição de contratar com o poder público ou receber incentivos fiscais ou creditícios, direta ou indiretamente, ainda que por intermédio de pessoa jurídica;

) ao requerido LUCIANO HENRIQUE SORDINE PEREIRA ainda o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público, no valor de R$ 1.822.500,00 (hum milhão, oitocentos e vinte e dois mil e quinhentos reais), acrescidos de correção monetária e juros legais.

5) ao requerido MOISÉS ANTONIO MARTINS ainda o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público, no valor de R$ 1.822.500,00 (hum milhão, oitocentos e vinte e dois mil e quinhentos reais), acrescidos de correção monetária e juros legais.

6) ao requerido MATHEUS FERREIRA DA COSTA OLIVEIRA ainda o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público, no valor de R$ 720.000,00 (setecentos e vinte mil reais), acrescidos de correção monetária e juros legais

7) a empresa requerida TERRAMAR LOCAÇÕES E SERVIÇOS EIRELI- ME, ainda o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público, no valor de R$ 1.192.500,00 (hum milhão, cento e noventa e dois mil e quinhentos reais), acrescidos de correção monetária e juros legais.

8) a empresa requerida MARTINS CONSTRUTORA E TERRAPLANAGEM EIRELI-ME ainda o ressarcimento dos prejuízos causados ao erário público, no valor de R$ 630.000,00 (seiscentos e trinta mil reais), acrescidos de correção monetária e juros legais.

9) A isenção do pagamento de taxas e emolumentos, assim como adiantamentos de honorários periciais e quaisquer outras despesas, na forma do art. 18 da Lei n.º. 7.347/85.

10) A condenação dos Requeridos nos ônus da sucumbência;

Além da robusta prova documental que acompanha a inicial, em havendo necessidade, protesta provar o alegado por todos os meios em direito admitidos, especialmente depoimento pessoal, oitiva de testemunhas, prova pericial e juntada de novos documentos.

Dá-se à causa o valor de R$ 1.822.500,00 (hum milhão, oitocentos e vinte e dois mil e quinhentos reais) para efeitos fiscais.

Termos em que pede deferimento.

 

.

0 17

304Os moradores estão indignados diante da inércia da administração municipal que praticamente deixou o Distrito de Vargem Grande, um dos maiores arrecadadores para os cofres públicos com cerca de 35 fabricas e quase 500 empregos distribuídos, sem nenhuma obra nestes três anos e dois meses de mandato.

Neste período o distrito ficou sem o policiamento diário, não recebeu nenhuma obra e ainda tem de se contentar com quatro meses sem o sinal de telefonia celular, causando vergonha quando os clientes e fregueses chegam para efetuar seus negócios e não conseguem falar via celular tendo de usar os telefones fixos das empresas causando além de um prejuízo financeiro um mal-estar, pois os clientes muitas vezes tem de tratar de assuntos particulares na frente de outras pessoas.

Porém não é somente isso que vem acontecendo, para se ter um exemplo na entrada do Distrito já se consegue ver o cartão postal que é apresentado, ou seja, o calçamento despencando com um grande buraco, às vezes, quem reclama ou reivindica as obras que não estão acontecendo em Vargem Grande.

Pessoas que estão na administração falam logo do asfalto que vai ligar São João a Vargem Grande, que ainda esta em fase inicial, uma verba conseguida pelo ex-prefeito Paulinho, que infelizmente veio a falecer, como se somente a realização do asfalto vai justificar a atual situação de Vargem Grande.

Pelas Redes Sociais no facebook, depois de alguns entraves o morador Romaldo Dias de Oliveira desabafou “ Então quer fizer que não vamos mais ter quadra nem celular só porque esta fazendo o asfalto.

Agora tudo em Vargem Grande vai ser dívida do asfalto. Porque e só agente reivindicar alguma coisa que vocês logo responde que está fazendo asfalto, só estou lembrando das obras começadas. E parabéns pelo asfalto espero que não faça igual fizeram com a quadra meu muito obrigado pela resposta”, finalizando

 

 

0 37
Creche
Creche
Creche

Para receber os alunos no próximo dia 15 de fevereiro, início das aulas na rede municipal de ensino de Barra de São Francisco, empresários francisquenses estão doando materiais para reformas.

Esse é o caso, por exemplo, dos CMEI’s Raul Tremendão e Dorico Cipriano. Esta decisão dos empresários está sendo muito comentada na cidade, pois, segund se comenta, com esse gesto de grandeza, eles estão salvando Barra de São Francisco. O atual gestor está sendo considerado um fracasso total.

As obras estão sendo feitas com mão de obra de funcionários da prefeitura, mas todo o material usado foi doado por empresários. Essa é uma das maneiras que o município está encontrando para manter os imóveis em bom estado de conservação.

Pelo Programa, pessoas jurídicas doam materiais e realizam obras de manutenção, conservação, reforma e ampliação de prédios escolares, entre outras ações. Em contrapartida, as pessoas jurídicas cooperantes são autorizadas a divulgar, com fins promocionais e publicitários, as ações praticadas em benefício da instituição adotada.

Outras instituições já foram beneficiadas por este programa. A APAE é outro exemplo. As obras também estão em fase final. Outro caso foi a construção do CMEI “Irene Ribeiro da Silva”, no Bairro Cruzeiro, que foi todo construído pelo empresário Jucélio Fortuna, terreno doado pelo Lions Club e que também receberá os alunos no próximo dia 15.

Todas essas obras se tornam, automaticamente, “palanque”, já que o ano é de eleição. Em todas elas é constante a visita de políticos, principalmente alguns vereadores aliados do prefeito que posam para fotos e tentam “aparecer bem”, em obras feitas com dinheiro de empresas privadas.

APAE
APAE

 

0 116

250Moradores da Rua Gabriel patrício no Bairro Bambé em Barra de São Francisco, estão indignados pois, há vários dias problema na rede de esgoto está tirando o sossego dos mesmos devido a enorme fedentina e proliferação de mosquitos. Com a rede de esgoto estourada está escorrendo merda para todo lado.

Os moradores já procuraram a CESAN para reparar a rede e foram informados de que essa é uma obrigação da prefeitura, procuraram a prefeitura e ela fala que é obrigação da CESAN, é um jogo de empura empura e os moradores sendo obrigados a conviver com essa situação lastimável.

Cansados de sofrer eles colocaram essa placa próximo ao buraco, esperando desta forma sensibilizar para que apareça alguém para solucionar o problema. No bairro Campo Novo, uma rua está chorando esgoto a céu aberto a vários dias e não tem santo que faz a prefeitura sanar o problema. Tem gente dizendo que este é mais um capítulo do “Big Brother”.

260 270

0 430

300Inegavelmente Barra de São Francisco, e outras cidades circunvizinhas tem seus talentos, que encantam a todos vestindo, inclusive, as principais roupas de marcas e modelos que são vendidas no comercio local.

O site Gazeta do Norte, mostra com exclusividade alguns talentos que andam arrasando nas passarelas, ou fazendo publicidade de marcas, modelos e estilo de roupas, que, inclusive, são encontradas em lojas de Barra de São Francisco.

Entre os nomes renomados de modelos da cidade e região, estão, Debora Stelzer, Pedro Batista, Wendryo Sales, Igor Afonso, Kalike Martins e Hygor Uzais

As fotos foram feitas para a Loja Ponto H & Cia De Barra de São Francisco, que tem em sua direção Daniela De Freitas Correia, localizada na Avenida Jones dos Santos Neves no Centro de Barra de São Francisco.

As fotos foram feitas para divulgação dos modelos e também da marca em questão Hering. Os modelos são de cidades variadas, como, por exemplo, Ecoporanga, Mantena, Águia Branca, Mantenópolis e Governador Valadares.

 

 

0 316

33Moradores do distrito de Limeira, ficaram assustados com a tamanha crueldade com que foi assassinado Edirlei, mais conhecido como Alemão do Bar.

O homicídio aconteceu por volta das 2 horas da manhã de quarta-feira, 3 de fevereiro, na casa da vítima onde também funciona um bar. Edirlei foi atingido com dois tiros de cartucheira, sendo um no rosto e outro no peito, vindo a morrer no local.

De acordo com informações, a Policia Militar esteve no local, ouviu alguns moradores, e estão na busca dos suspeitos. A motivação exata ainda está sendo apurada.

A perícia chegou ao local do crime por volta das 17 horas, onde o corpo foi encaminhado para o IML de Governador Valadares.

0 222

onçaUma onça parda foi encontrada morta na manhã desta quinta-feira (4), às margens da Rodovia Gether Lopes de Faria, que liga os municípios de São Domingos do Norte e Colatina, no Noroeste do Estado. A carcaça do animal estava próxima ao trevo de acesso a Governador Lindenberg.

Um morador da região passava pela rodovia quando viu a onça morta. De acordo com o internauta Bruno Sarter, dono de uma propriedade rural próxima ao local onde o animal foi encontrado, tudo indica que a onça foi morta por atropelamento.

Bruno disse também que nenhum morador da localidade tinha visto uma onça nas redondezas. “É a primeira vez. Ninguém nunca tinha ouvido falar não”.

O presidente do Instituto Últimos Refúgios, Leonardo Merçon, informou que trata-se de um macho aparentemente jovem e que, provavelmente, o bicho estava em busca de alimento.

“Não é raro que esteja se movimentando. O desmatamento aumentou e, à medida que vai desmatando, a onça terá que ir para outro lugar, porque a comida vai acabando”, explicou.

Ainda segundo Merçon, a onça parda costuma andar bastante e consegue andar mais fora da floresta. “Por isso, atravessa as estradas. Na verdade, as estradas é que passam no caminho da onça parda. Os caminhos desses animais estão lá há milhares de anos”, finalizou.

Fonte: gazetaonline

 

0 26
SAMSUNG CAMERA PICTURES
SAMSUNG CAMERA PICTURES
SAMSUNG CAMERA PICTURES

Termina nesta sexta-feira, dia 5 de fevereiro, o prazo para o recadastramento biométrico do eleitorado de Água Doce do Norte. Até o final da tarde desta quinta feira, 4 de fevereiro, de acordo com a chefe do Cartório Eleitoral, Nilsa Lopes, o número de recadastrados já ultrapassou os seis mil eleitores, mas ainda está muito abaixo do número pretendido, que é de pelo menos, oito mil eleitores.

Em 2004 o município tinha em torno de oito mil eleitores e uma população estimada, segundo o IBGE, de 12,777 mil habitantes. A população estimada para o ano passado, pelo IBGE, era de 12,025 mil habitantes. Esta semana, segundo a chefe do cartório, o movimento tem sido intenso, mas ainda não existe nenhuma sinalização, por parte da Justiça Eleitoral, de que o prazo será prorrogado.

A intenção do juiz eleitoral, Edmilson Rosindo Filho, é que o número de eleitores chegue a pelo menos 70% do eleitorado registrado no último pleito, que é de mais ou menos 10,5 mil eleitores. “O TRE/ES está colocando todo o seu empenho para que a meta venha a ser atingida. Estamos com dez atendentes no cartório eleitoral que está funcionando em caráter temporário nos cômodos do ginásio de esporte Sebastião Coimbra Elizeu”, ressalta o juiz.

RETROCESSO

Para se ter uma ideia mais precisa, o número de eleitores em 2004 era de 8.081, sendo que 1.484 eleitores se abstiveram de votar. Em 2008 o eleitorado chegou a 11.256, com 1.669 abstenções. Já na eleição seguinte, em 2012, a população do município, medida pelo Censo, era de 11,8 mil pessoas. Naquele ano o município contava com 10,438 eleitores, sendo que 8.587 foram às urnas.

Com a cassação do prefeito eleito, Adilson Silvério, foi marcada nova eleição em 2014, quando a população estimada era de pouco mais de 12 mil pessoas e o eleitorado registrado, de 10.348. Mesmo assim, apenas 7.247 compareceram às urnas. Uma abstenção de quase 30%.

Para a eleição deste ano, o número de eleitores cadastrados não deve chegar a oito mil. Se a abstenção de mantiver dentro no nível histórico, que é de 17% a 20% no município. O número de votos válidos não deve ultrapassar os sete mil.

0 358
Gustavo Lacerda, chefe da Cretran
Gustavo Lacerda, chefe da Cretran
Gustavo Lacerda, chefe da Ciretran

Mesmo em meio à crise que atravessa o Estado, o governador atende mais um pedido para Barra de São Francisco. O Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran/ES), deu início na terça-feira (02/02/2016), às obras na melhoria da Ciretran da cidade.

A primeira conquista será uma sala para as Provas Digitais de legislação de Trânsito, bem como uma nova recepção para a coleta biométrica dos usuários dos municípios da região Noroeste.

O Chefe da Ciretran de Barra de São Francisco, Gustavo Lacerda, informou a este site, que a previsão para início das provas digitais é de 30 a 45 dias.

De acordo com Gustavo, o planejamento é que as provas aconteçam três vezes por semana, dando maior conforto aos cidadãos da região, uma vez que hoje, as provas acontecem quatro vezes ao mês.

A outra boa informação de Gustavo, é a de que a Ciretran também será contemplada com uma nova sala de Licenciamento de Veículos, o objetivo com a ampliação do setor, é fazer a liberação dos documentos de transferência Veicular na mesma hora que o usuário der entrada.

Para a inauguração das obras, o Chefe da Ciretran Gustavo Lacerda, aguarda a presença e do Diretor Geral do Detran Romeu Scheibe Neto, bem como dos Gerentes de Veículos e Habilitação do Detran/ES.

201 202 203

 

0 309

103O prefeito Luciano Pereira tem propagado aos quatro cantos que está com a folha salarial em dia, isso é mais uma das mentiras pregadas pelo atual prefeito. No último pagamento feito no início do mês o prefeito mais uma vez enganou servidores, principalmente aos servidores da educação.

Como é de conhecimento de todos, no mês de janeiro de cada ano, período em que os professores e demais servidores da educação encontram-se de férias, seus salários são acrescidos de mais 1/3(um terço).

Acontece, que nesse ano, o prefeito fez o desconto nos salários dos servidores como se estivesse pagando o salário mais o 1/3, mas de fato só pagou o salário. Com essa artimanha os servidores tiveram aumentado os descontos de Imposto de Renda.

Servidores que tinham um desconto de IRRF em torno de seiscentos reais tiveram descontados mais de mil reais. Com o desconto indevido os servidores prejudicados terão que esperar até o próximo pagamento para ver se conseguem receber o que lhes foi retido indevidamente.

Essa é a forma de manter o pagamento em dia, o prefeito finge que paga tudo, mas de fato o que ocorre é um pagamento a menos com a retenção indevida de valores.