Enivaldo: “Mortes em Guriri são por incompetência do prefeito”

2451

“Ajude-nos a acabar com esse câncer em nosso município”. Foi com esse pedido de socorro, vindo de uma moradora de São Mateus, que o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PDS) voltou a ter sua atenção direcionada para o município do Norte do Estado. Na manhã desta quinta-feira (12), o menino John Vitor, 12 anos, morador do bairro Bom Sucesso, morreu afogado na praia de Guriri, sem socorro.

Enivaldo dos Anjos anunciou que, na segunda-feira (16), fará uma representação junto ao Ministério Público pedindo que Daniel do Açaí (PSDB) seja indiciado por homicídio doloso devido à morte de John Vitor e pelos demais casos de afogamento que estão acontecendo no feriadão na Praia de Guriri.

“Antes eu achava que ele era só incompetente, mas agora sei que também é irresponsável. As pessoas estão morrendo afogadas em Guriri porque o prefeito não tomou providências para dar segurança aos milhares de visitantes que estão na cidade. Isso é crime, é homicídio, porque ele está assumindo o risco de as pessoas morrerem ao não contratar guarda-vidas para o balneário”, disse o deputado.

O projeto autorizativo para contratação de guarda-vidas na baixa estação, até 15 de dezembro, foi aprovado em regime de urgência pela Câmara de Vereadores no último dia 3, mas, mesmo com a iminência de grande demanda pelos turistas no feriadão prolongado, a Prefeitura deixou o balneário a descoberto. Além de John Vitor, na manhã deste dia 12 de outubro e outros dois casos ocorreram, mas pessoas que estavam na praia resgataram e reanimaram os afogados.

“É um absurdo o que está acontecendo em Guriri por irresponsabilidade de um prefeito que chegou ao mandato sem nenhum preparo, comprando os votos da população desesperada, dando água de sua fonte no período de crise hídrica. E o pior é que a Justiça Eleitoral é lenta e é capaz de esse julgamento de sua cassação só terminar depois que toda a tragédia estiver feita”, disse o deputado Enivaldo.

A insatisfação da população com o despreparado de Daniel do Açaí (PSDB) e o desamparo que vive o município está estampada nas redes sociais do município.

COMPARTILHAR