Enivaldo dos Anjos homenageia os 50 anos do “sonho do Dr. Pergentino”

Enivaldo dos Anjos homenageia os 50 anos do “sonho do Dr. Pergentino”

0 1157
Enivaldo dos Anjos homenageia os 50 anos do “sonho do Dr. Pergentino”

No último dia de sessão antes do recesso parlamentar de julho, o deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) homenageou em discurso, registrado nos anais da Assembleia Legislativa, os 50 anos da maior instituição de ensino superior privado do Espírito Santo, o Unesc.

“O sonho de um grande homem, Dr. Pergentino Vasconcellos transformou-se numa das mais importantes instituições de ensino capixabas – o Unesc, que está completando meio século de existência. É como disse o poeta português Fernando Pessoa: O homem sonha, Deus quer, a obra acontece”, registrou Enivaldo dos Anjos.

A homenagem prestada por Enivaldo provocou vários pedidos de apartes de outros deputados, alguns deles tendo cursado Direito também na antiga Fadic – Faculdade de Direito de Colatina, a exemplo do próprio Enivaldo dos Anjos, que é advogado, com bacharelado em Direito feito pela instituição.

Até 1988, Direito era o único curso superior da Fundação Gildásio Amado, mantenedora da União das Escolas de Ensino Superior do Espírito Santo (Unesc), hoje Centro Universitário do Espírito Santo.

O parlamentar observou que a instituição criada pelo líder colatinense Pergentino Vasconcellos, hoje, abriga mais de 4 mil universitários em seus dois Câmpus, em Colatina e em Serra, ofertando 26 cursos de graduação (presenciais e à distância), 18 de pós-graduação, além de 11 Programas de Residência Médica.

Dos Anjos destacou também que, em nível de pós-graduação, o Unesc tem um Mestrado e um Doutorado Interinstitucional na área de Ciências da Saúde, em parceria com a Universidade do Extremo Sul Catarinense.

O Campus Colatina é a unidade sede, com 43.654,65 m² de área construída, incluindo seus diversos prédios, instalado numa área territorial de 979.472,96 m². O Campus Serra, por sua vez, ocupa uma área de 132.263,05 m², com 7.093,38 m² de área construída.

O UNESC conta, atualmente, com 58 Laboratórios, muitos dos quais podem interessar a diversos segmentos da indústria: Vestuário, Mecânica, Metalurgia, Laticínios e derivados, Informática, Farmacêutico, Cerâmica, Moveleiro, Bebidas, etc. Na área empresarial sobressai o Núcleo de Treinamento e Desenvolvimento Empresarial, que auxilia micro e pequenos empresários na análise de projetos.

Na área jurídica destaca-se a Assistência Judiciária do Unesc, que faz atendimentos gratuitos à população carente. O Unesc também possui convênios firmados com 380 empresas da região, dentre as quais constam Instituições Educacionais, Bancos, Assembleia Legislativa, Câmaras Municipais, Hospitais e Clínicas, Cooperativas, Farmácias, Indústrias, Prefeituras, Sindicatos, Escritórios de Advocacia, Instituições Jurídicas, dentre outros.

“É preciso destacar o trabalho, nesse contexto, do Hospital e Maternidade São José, também com quase meio século de existência, e que funciona como uma espécie de hospital-escola para os alunos da área de saúde do Unesc. Credenciado ao Sistema Único de Saúde, é um hospital geral de média e alta complexidades, referência em Colatina e todo o norte do estado do Espírito Santo”, disse Enivaldo.

O São José oferece atendimento em diversas áreas e realiza anualmente cerca de 50 mil atendimentos. Na concepção dos administradores, o hospital funciona como amplo laboratório de estágio para os acadêmicos dos cursos do Unesc.

Sob a supervisão, os estudantes participam ativamente do cotidiano hospitalar, prestando relevante contribuição à melhoria da qualidade do atendimento e ao enriquecimento cultural da instituição.

“Essa parceria propicia cenários de aplicação prática dos conhecimentos teóricos, visando à adequada formação ética e de compromisso com a comunidade do futuro profissional da saúde”, acentuou Enivaldo. Esse histórico começa a se construir na década de 60, quando é criada a oportunidade à juventude da época de obter um curso universitário na área do Direito, com a Fadic em 1967.

O Direito foi o único curso superior do UNESC até 1988. Pergentino, o criador, considera esta uma semente abençoada, semeada em terreno fértil e que vicejou, produzindo muitos frutos.