Autores Postagens deGazeta Do Norte

Gazeta Do Norte

1288 POSTAGENS 0 COMENTÁRIOS

0 995

Começou, nesta quarta-feira (19), em Ecoporanga a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza. O período para imunização vai até o dia 26 de maio e o dia D acontece em 13 de maio. A meta é vacinar, pelo menos, 90% do grupo prioritário. A vacinação ocorrerá na Clínica Santa Paula, na sala de vacinação, das 08hs até as 16hs.

Por determinação do Ministério da Saúde, no período da campanha deve procurar um posto de vacinação para o recebimento da dose gratuita quem faz parte do grupo prioritário. A vacina é uma das medidas mais efetivas para prevenção da forma grave de gripe e das complicações que podem surgir pela doença.

“Numa população imunizada, o número de internações por pneumonia, por exemplo, pode diminuir entre 32% e 45%. Além disso, cerca de 50% das doenças relacionadas à influenza diminuem com a vacinação”, detalhou a coordenadora do Programa Estadual de Imunizações, Danielle Grillo.

A vacinação contra influenza ocorrerá ao mesmo tempo para todos os grupos, ou seja, não haverá divisão de grupos prioritários por semana para realização da vacinação. Neste ano, as populações alvo são crianças de 06 meses até menores 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias); trabalhadores de saúde; pessoas com doenças crônicas, como diabetes tipos I e II em uso de medicamento e hipertensão sistêmica com presença de outras doenças; indígenas; pessoas com 60 anos de idade ou mais; professores; população privada de liberdade; adolescentes e jovens sob medida socioeducativa; funcionários do sistema prisional; gestantes; e puérperas (mulheres com até 45 dias após o parto).

Os professores passaram a integrar o grupo prioritário de vacinação contra influenza este ano. Serão vacinados aqueles que atuam em sala de aula, sendo nas escolas públicas e particulares dos ensinos infantil (incluindo os berçaristas), fundamental, médio e superior. Não estão incluídos no grupo os aposentados ou licenciados, nem outros profissionais da comunidade escolar.

0 663

O prefeito de Mantena, João Rufino (PSB), que ganhou a confiança da população do município em apenas quatro meses a frente do executivo municipal, está com a pólvora toda.

As vias publicas estão sendo recuperadas com recapeamento asfáltico, setor este que estava em péssimo estado de conservação deixado por administradores anteriores.

A Rua Tancredo Neves, por exemplo, é uma via importante que estava fechada a vários anos e foi reaberta na gestão atual, e já recebeu pavimentação asfáltica, resolvendo uma questão de trânsito, já que a obra irá desafogar a Rua Santa Luzia, proporcionando uma nova opção para os motoristas trafegarem normalmente.

João Rufino disse que a Prefeitura de Mantena, apesar das dificuldades financeiras que vem afetando praticamente todos os municípios brasileiros, vai dar continuidade aos projetos de asfaltamento, calçamento e mobilidade urbana, graças a um planejamento elaborado durante os dois primeiros 100 primeiros dias de seu governo.

“Estamos conseguindo realizar obras, em meio a uma crise nacional, fruto de um trabalho que realizamos desde os primeiros dias de nossa gestão”, encerra Rufino.

 

0 982
Foto ilustrativa
Foto ilustrativa

Uma escola pública do interior do Estado tem sido o destaque capixaba em olimpíadas de ciências e em exames nacionais. Agora, na avaliação do deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD), chegou a hora de começar a haver um reconhecimento público ao trabalho da equipe pedagógica da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Victório Bravim.

O parlamentar decidiu aproveitar a sessão solene em homenagem aos professores, que será realizada no dia 18 de outubro, às 19 horas, para indicar a diretora da Escola Victório Bravim, Liane Maria Bravim Catelan, a receber a Medalha Paulo Freire, destinada a agraciar educadores de escolas públicas e privadas do Espírito Santo.

“A homenagem será à diretora, mas é uma honraria prestada a toda a comunidade escolar que faz da Victório Bravim destaque estadual e nacional. Lógico que a liderança conta, mas nenhum líder consegue sua posição sozinho. Por outro lado, homenagear a professora Liane Bravim faz também justiça a ela, que soube conduzir sua equipe para esses resultados”, disse Enivaldo dos Anjos.

SEGREDO DO SUCESSO

Liane Maria Bravim Catelan está há 30 anos na Escola Victório Bravim, no distrito de Araguaia, em Marechal Floriano. Seu trabalho tem sido recompensado pelos resultados obtidos pela escola em Olimpíadas de Matemática, Química, Física e Português. Além do Exame Nacional do Ensino Médio.

Das 100 melhores médias do estado no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), em 2016, apenas foram de escolas públicas, e a Victório Bravim teve a melhor média entre elas, e a 74ª média mais alta entre as escolas do Espírito Santo.

Na Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (Obmep) de 2015, a escola foi a campeã estadual, com sete estudantes recebendo medalhas de ouro, prata e bronze. “Isso é um exemplo de ensino público de qualidade, como sempre acreditei”, disse o parlamentar.

O distrito de Araguaia fica a 68 km de Vitória, na região Serrana do Espírito Santo. A escola que projeta o distrito tem cerca de 350 alunos, que, todos os anos, levam à instituição ao pódio da educação em competições de ciências e avaliações do Ministério da Educação.

Liane Bravim diz que a receita mágica para o sucesso dos alunos é cada profissional cumprir bem seu papel e vestir a camisa da escola, o que motiva os estudantes a buscar conquistas pessoais.

O foco é o aluno, segundo a diretora. A Escola Victório Bravim alcançou o primeiro lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), no Estado, por quatro anos consecutivos, de 2010 a 2013, e repetiu o feito em 2015, no ranking de escolas públicas. Em 2015, estudantes foram selecionados para a Olimpíada Brasileira de Astronomia e Astronáutica (OBA); e, há 11 anos, a instituição tem alunos medalhistas na Obmep.

Além disso, estudantes já foram premiados em competições de Física, Química e Português. Aqueles que recebem medalhas na Obmep ganham o direito a participar do Programa de Iniciação Científica (PIC), feito por uma rede nacional de professores coordenadores distribuídos por todo o país, em escolas e universidades.

Em abordagem da imprensa, a diretora disse que, para conquistar as diversas medalhas, os alunos passaram por cima de alguns obstáculos, que persistem há anos e atrapalham o andamento das aulas e complementação de conteúdo. Entretanto, isso não impede que a equipe da professora Liane se empenhe em dar-lhes ensino de qualidade.

A área de Química, por exemplo, parou de despertar o interesse dos alunos porque o laboratório foi tomado por livros e teve que deixar de existir. As mesas usadas para experimentos científicos viraram estantes e local de apoio para a leitura, por falta de lugar para montar a biblioteca da instituição.

“Se, por um lado, a existência desses desafios valoriza ainda mais o trabalho da diretora e sua equipe pedagógia, por outro demonstra o absurdo e o descaso com que a educação é tratada. Escola precisa de laboratório e de biblioteca e não de um substituindo o outro, porque o ensino fica incompleto”, alfineta o deputado Enivaldo.

0 379

Referência no Movimento Negro Capixaba, atuando no Círculo Palmarino, o militante Luiz Inácio Silva da Rocha, mais conhecido como Lula Rocha (foto), foi indicado pelo deputado estadual Enivaldo dos Anjos (PSD) para ser homenageado nas comemorações relativas à Insurreição de Queimado, no dia 10 de maio, às 16 horas, na Assembleia Legislativa.

A sessão, promovida pelo deputado Padre Honório (PT), pretende homenagear personalidade ou entidades da sociedade civil organizada que se destaquem nas lutas contra a discriminação racial e em defesa das causas do povo negro, conforme determina a lei que criou o evento.

Lula Rocha iniciou sua militância no Movimento Estudantil Secundarista como diretor da União Cariaciquense dos Estudantes Secundarista – UCES. Foi presidente do Conselho Municipal e Estadual de Juventude, Consultor da Secretaria Nacional de Juventude da Presidência da República, Presidente do Conselho Estadual dos Direitos Humanos e do Conselho do Programa de Proteção a Crianças e Adolescentes Ameaçados de Morte.

Luiz Inácio Silva da Rocha é, ainda, coautor dos livros “Do luto a luta: mães de maio” e “Juventude Negras do Brasil”. Atualmente, é membro do Conselho do Negro de Cariacica e coordena um cursinho popular preparatório para o ENEM em Santana, em Cariacica.

QUEIMADO

O dia 19 de março de 1849 é um marco na história dos descendentes de africanos no Espírito Santo. Nessa data, o distrito de Queimado, no município de Serra, foi palco de uma intensa revolta de escravos pela liberdade. Durante cinco dias, a insurreição só terminou com a prisão dos líderes do movimento, de acordo com o historiador Clério José Borges.

Tudo começou com o compromisso assumido por um frei com os escravos locais, mas não cumprido. Frei Gregório José Maria de Bene era um capuchinho italiano que tinha ideias abolicionistas e o desejo de construir uma grande igreja no povoado de Queimado. Para realizar essa construção, teria se comprometido com alguns escravos prometendo que aqueles que participassem da tarefa poderiam ser posteriormente libertos.

Frei Gregório prometeu aos escravos que intercederia junto aos senhores para que alforriassem todos os escravos que contribuíram na obra da igreja. No dia 19 de março, dia da festa de São José, durante a celebração da missa em homenagem ao santo, cerca de 30 escravos entraram na igreja. Aproveitando o momento de festa em que se encontravam reunidos vários senhores, os escravos pretendiam exigir suas declarações de alforria.

Acreditando que o padre os apoiaria, os escravos entraram na igreja aos gritos de liberdade. Instaurado um momento de confusão, o padre interrompeu a missa e, sem nenhuma comunicação com os escravos, abandonou o altar. Mesmo sem o apoio do padre, Elisário, João e Chico Prego, líderes do movimento, e outros escravos resolveram percorrer as casas dos senhores exigindo que assinassem a declaração de alforria.

Os líderes acreditavam que, apresentando as declarações assinadas, o padre não se omitiria e os ajudaria a oficializar o documento junto à Imperatriz Dona Tereza Cristina, com quem o padre mantinha relações de amizade. Os escravos seguiram para diversas fazendas reunindo um número cada vez maior de escravos e exigindo que seus senhores assinassem as declarações de liberdade.

Segundo o presidente de província, nessas incursões os escravos foram acumulando armas, munições e chegaram a formar um grupo de cerca de 300 revoltosos, gerando confrontos e vítimas feridas dos dois lados.

Do dia 20 ao dia 23 de março de 1849, deu-se o combate à insurreição pela força policial. Na perseguição aos revoltosos, os policiais atiravam em qualquer negro que encontravam pelas ruas, estando envolvidos na revolta ou não.

Muitos escravos foram mortos e outros brutalmente castigados. No dia 31 foi realizado o julgamento e a sentença só foi obtida após três dias de debate. Em 7 de dezembro, cinco presos conseguiram fugir da prisão.

Como na prisão não foi encontrado vestígio de arrombamento, a fuga foi atribuída a um milagre de Nossa Senhora da Penha, já que Elisiário insistia com seus colegas que não parassem de rezar.

Elisiário tornou-se uma lenda já que, mesmo perseguido, nunca foi encontrado. Tornou-se herói entre os negros que lutavam pela liberdade e sua fuga foi cantada em prosa e verso como um milagre da santa. João e Chico Prego foram executados em janeiro de 1850.

 

0 831

A prática de várias modalidades no esporte em Mantena, vem agradando a vários segmentos da sociedade local. Este é um dos compromissos do prefeito João Rufino (PSB) com os amantes de todos os esportes.

No último final de semana, por exemplo, 15 e 16/04/2017), mais de 50 pilotos que participaram do Downhill – Desafio da Torre, realizado no bairro Boa Esperança.

A competição foi organizada pelo Diego e sua equipe em parceria com a Prefeitura Municipal de Mantena e Secretaria Municipal de Esportes, e contou com pilotos de Minas Gerais e do Espírito Santo e agitou a galera que curti esse tipo de modalidade esportiva.

No sábado, 15, aconteceram os treinos com belas manobras do demonstrando a agilidade de cada atleta ao descer o morro. No domingo, 16, os pilotos participaram de um farto café da manhã na Escola Municipal Antônio Carlos e em seguida foram para pista e fizeram bonito.

Mesmo com o sol forte, o público compareceu e assistiram a uma bela prova, onde o piloto em sua categoria que fizer o menor tempo de descida é o vencedor. O ponto de concentração foi na área do Boa Esperança. No percurso, realizado em meio à mata, os atletas enfrentaram uma ampla descida, que deu ainda mais adrenalina a competição.

As provas aconteceram em 6 categorias: Elite, Rígida, Júnior, Sub 23, Sub 30 e Master, com premiação de troféu para os 5 classificados e em dinheiro para os primeiros lugares colocados de cada categoria.

Os troféus foram entregues pelo vice-prefeito Luiz Garcia e pelo Secretário de Esportes Valsair Lima e pelo desportista e idealizador do esporte na cidade, Cláudio Carneiro e do Secretário de Agricultura Danilo Barbosa.

“Esta é uma grande oportunidade para o município, que apoia também outras modalidades. Além disso, este é um esporte que cresce dia a dia e conquista cada vez mais adeptos na nossa cidade”, disse Valsair Lima.

PREMIAÇÃO:

Na Rígida o vencedor foi Mateus Freitas marcando o tempo (1:13,7), seguidos de Rendrison, Mateus Piek, Rafael Libardi e Luan Parreira.

Na Sub 23, Samir Brito levou a melhor com o tempo (1:14.7), João de Deus, Italo Assis, Emerson Ton e Douglas Gomes completaram os cinco primeiros.

Diego Campos venceu a Sub 30 com o tempo de 1:16.7. Rafael Lima foi o segundo. Cristiano Neris, Thiago Intense e Elimar dos Santos vieram na sequência.

Na fortíssima Máster, Rafael Neto marcou o primeiro tempo (1:15,1), sendo acompanhado no pódio por Wallaci Costa, Mauricio Faria, Danilo Faria e Suelder Nunes.

Na Júnior, o vencedor foi Ronan Silva (Meia Noite) com o tempo de 1:18,6 , Gustavo, João Vitor, Roney e Caio vieram a seguir.

Na categoria mais veloz de todas, a Elite, venceu o Davi Sapo (1:10,9). Em segundo Gustavo Lage, Bruno Rafael, Diego Campos e Gustavo Isidoro.

 

0 2094
Jorge Verano tem bagagem suficiente para falar sobre este assunto
Jorge Verano tem bagagem suficiente para falar sobre este assunto

Transparência e lisura com a coisa pública é uma das metas da administração do prefeito de Mantena, João Rufino (PSB), que tem se destacado à frente do executivo como um dos prefeitos que mais tem se destacado na região Leste, e olha que são apenas 100 dias de governo.

Como a atual administração está afinadíssima com toda sua equipe de governo, o jornalismo Gazeta do Norte entrou em contado com o Secretário de Finanças, o competente advogado Jorge Verano, e ele informou a este site, que, o FGTS (Fundo de Garantia de Tempo de Serviços), já havia sido encaminhado ofício à Caixa Econômica Federal muito antes de um vereador fazer cobranças na tribuna da câmara municipal de Mantena.

“Pedimos que nos fosse informado o saldo atual das contas vinculadas ao município de Mantena para que pudéssemos fazer a individualização dos valores que cabe a cada cidadão que trabalhou para o município sob o regime celetista”, informou Verano.

“Isso já é uma preocupação da atual gestão do prefeito João Rufino. Não se trata de iniciativa do vereador, na verdade ele está somente pegando carona nas ações do executivo”, encerra Jorge Verano.

Vale lembrar que em apenas 100 dias de governo, o prefeito João Rufino tem incomodado alguns opositores, pois tem arregaçado as mangas e trabalhado com muita garra e disposição juntamente com sua equipe, e isto tem mostrado a diferença em Mantena, ao ponto de ele estar sendo muito bem avaliado por grande parte da população.

Os ex-prefeitos que possivelmente tenham participação neste episodio, talvez não tenha sido lembrado pelos mais “afobados”, esquecendo-se, de que João Rufino está à frente do executivo há apenas 4 meses, e não 4 anos, como os demais que passaram e talvez não desse importância para esta questão.

0 385

Começa nesta segunda feira, 17/04/2017, e vai até o dia 26 de maio a 19ª Campanha Nacional de Vacinação contra a influenza (gripe). A meta do Ministério da Saúde é imunizar 54,2 milhões de brasileiros. Em Minas Gerais, a previsão da Secretaria de Estado da Saúde (SES) é alcançar 5,5 milhões.

Em Mantena, a informação trazida pelo Secretário de Saúde, Jânio Assis, é de que Secretaria de Saúde, através do posto e demais pontos de atendimento, estarão abertos esperando a população idosa a partir desta segunda feira.

Em todo o estado, a meta é imunizar ao menos 90% do público prioritário, percentual acima dos 80% do objetivo traçado no ano passado. Os moradores precisarão ir aos centros de saúde e apresentar o cartão de vacinação e a carteira de identidade ou documento similar. Porém, pessoas acamadas e residentes em casas de repouso podem ser imunizadas nos próprios locais.

COMO SE PROTEGER

Infecção viral aguda que afeta o sistema respiratório, a gripe pode ser transmitida por meio da fala, tosse, espirro e até mesmo por um aperto de mãos. A medida mais eficaz para se proteger é justamente a vacinação.

Contudo, algumas medidas preventivas são recomendadas, como lavar bem as mãos e evitar lugares fechados e com aglomeração de pessoas. Em caso de tosse seca, febre, dores de cabeça ou garganta, a pessoa deve procurar ajuda médica.

Mais vacinação:

Teve inicio ainda a campanha de vacinação contra a gripe. A meta é vacinar as pessoas que integram o grupo de risco, e assim garantir uma proteção para a população. A novidade deste ano são os professores da rede pública e privada (necessário apresentar comprovação).

“A Campanha Nacional é anual e prevê a imunização de todas as pessoas cujos riscos da gripe são maiores, explicou ao ressaltar que, além da vacinação contra gripe, as equipes aproveitarão a oportunidade para atualizar o cartão de vacina, principalmente das crianças e gestantes”, disse o secretário de saúde Jânio Assis.

Lembrando que os postos de atendimento (PSF), estarão atendendo a população. É necessário apresentar o cartão de vacinação, cartão do SUS e a carteira de identidade.

Quem deve se vacinar?

Idosos acima de 60 anos, crianças entre 6 meses e 5 anos, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde, professores, indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis, adolescentes entre 12 e 21 anos que cumprem medidas socioeducativas, presidiários e funcionários do sistema prisional.

Proteção

Vacina trivalente protege contra três tipos de cepas de vírus. É disponibilizada pelo Sistema Único de Saúde (SUS)

Influenza A (H1N1)

Influenza A (H3N2)

Influenza B (Brisbane/2008)

Vacina quadrivalente protege contra quatro tipos de cepas de vírus. Essa é encontrada na rede particular

Influenza A (H1N1)

Influenza A (H3N2)

Influenza B (Brisbane/2008)

Influenza B (Phuket/2013)

0 1503
Luciano Pereirinha
Luciano Pereirinha

Matéria publicada recentemente no Jornal A Tribuna informa que cinquenta e seis municípios capixabas fecharam o ano de 2016 com déficit orçamentário, ou seja, gastaram mais que arrecadaram durante o ano.

Entre os municípios com a maior dívida anual está o de Barra de São Francisco, ocupando a nona colocação entre os municípios com maior déficit.

O Jornal utiliza dados do Tribunal de Contas que informa que o déficit do município francisquense foi de vinte e nove milhões.

Algumas pessoas, até alguns vereadores ligados ao ex-prefeito Luciano Pereirinha (DEM) tem cobrado do atual prefeito Alencar Marim, soluções para os problemas que já afetavam o município há vários anos.

Herdando uma dívida desse tamanho o prefeito Alencar Marim, terá que consertar um carro em movimento, ou seja, terá que pagar dívidas da administração anterior sem parar os serviços básicos de atendimento à população, tais como nas áreas de saúde, educação, assistência social, entre outros.

A dívida deixada pelo ex-prefeito Pereirinha corresponde a mais de três meses de arrecadação da prefeitura, aí não dá para cobrar nada do atual prefeito com pouco mais de três meses de administração.

A matéria publicada pelo Jornal A Tribuna deixa bem claro os motivos pelos quais a atual administração não consegue fazer mais em prol da população de Barra de São Francisco.

 

0 1280

A Polícia Militar registrou no bairro São Silvano, em Colatina, uma ocorrência de assalto. Dois indivíduos, armados com revólveres em uma motocicleta, roubaram um cliente do Banestes.

Os ladrões, um trajando calça moletom e o outro camisa preta listrada com cinza levaram da vítima cerca de R$ 300 mil reais que estava em uma bolsa onde estava escrito a palavra Bohemia.

A dupla fugiu a pé em direção ao bairro Aparecida. A dupla abordou o portador da bolsa de uma distribuidora de bebida no Bairro Colúmbia quando chegava ao local, informou a polícia.

Fonte: Carlos Cavalcante